Redes Sociais uma questão de uso.

  • segunda-feira, outubro 24, 2016
  • By Viviane Silva
  • 7 Comments


Hoje nós vamos tratar de um assunto sério!
Não to aqui para criticar ninguém, apenas quero expor meu ponto de vista e minha indignação.
Na quinta feira passada dia 20/10, minha filha sofreu uma agressão física na saída da escola, por causa de um post de facebook, em casa a gente sempre controla o uso de rede social por ela que tem 14 anos, nós ficamos sempre de olho porque do jeito que esse mundo tá, não podemos vacilar.
Mas voltando ao assunto, minha filha deu um CtrlC + CtrlV num post de uma seguidora dela porque achou a "frase" engraçada e ai começou toda a confusão.
Uma seguidora, linkou uma outra dizendo que "Achava" que era uma indireta para ela. E essa outra indivídua vestiu a carapuça, conclusão: Tiro, porrada e bomba como diz a Valesca Popozuda.
Fato é que minha filha se machucou, foi pega de costas, e além de tudo isso uma amiga da indivídua ainda gravou a agressão. (Colegas advogados, precisarei de seus serviços caso esse vídeo vaze por ai)
Gente o intuito do post é fazer um alerta, porque no meu caso já estou cuidando dentro da lei que tenho por direito.
Mas mães e pais, prestem atenção no que passa na rede sociais dos seus filhos, infelizmente vivemos em um mundo cheio de pessoas sem noção, no momento em que postamos algo, qualquer um pode interpretar da maneira que quer e sempre existe aqueles que presumem que o mundo gira ao seu redor.
Eu educo meus filhos desde que eles começam a ter noção de certo ou errado, mostrando que não se deve levantar a mão para outro ser humano e nem animal na rua ou dentro de casa. Tive uma infância que cometi erros principalmente no que se diz arrumar confusão, tive respaldo dentro da escola especialmente da minha professora de geografia Dona Gilda, essa mulher não foi só uma professora, ela foi uma segunda mãe. E com base nisso ensino que os meus precisam me ouvir para não cometerem o mesmo erro que eu, quer fazer luta vai pra dentro de um ring ou de um tatame como no meu caso.
As redes sociais estão ai para serem usadas, as pessoas estão ai para se sentirem ofendidas da forma que quiserem ou julgarem necessária, mas pensemos bem antes de levantar a mão para o próximo com base no "ACHISMO".
Beijos galera...

Leia Também...

7 comentários

  1. Nossa que chato.
    Ela está bem? Pior que a pessoa que agride não percebe que não é apenas fisicamente.. psicologicamente é bem pior.
    Vai atrás sim de todos os direitos =/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim ela está bem, mas como vc falou fica o trauma psicológico.

      Excluir
  2. Que situação complicada, Viviane. Eu lembro que, uns 10 anos atrás, pelos meus 15, falei em casa sobre uma comunidade do orkut que eu tinha entrado (na época os pais não tinham o menor interesse em criar contas) e foi uma gritaria só, porque, como meu pais são formados em direito e trabalham na justiça a vida toda, eles acabavam vendo vários casos parando no fórum. É triste, mas as pessoas podem sempre arrumar confusão com algo que parece inofensivo. Eu acabei me anulando um pouco nas redes sociais, até hoje mostro muito pouco, só pelo trauma (ainda que não vivido) daquela conversa com meus pais. Achei um absurdo o fato de terem agredido sua filha fisicamente -- que, como a Clayci bem falou, pode facilmente afetar o lado psicológico também, e penso que vocês precisam analisar a situação. Ninguém pode agredir o outro por achismos.
    Eu espero que sua filha fique bem e que situações assim não voltem a se repetir.
    Beijos,
    Bru
    Blog Moderando

    ResponderExcluir
  3. Que chato Anny, espero que sua filha esteja bem porque eu sei como é sofrer assim na escola. Aqui em casa minha mãe sempre controlou ao máximo o uso de redes sociais, mas o caso que o outro toma qualquer frase como indireta daí gera a merd* né
    Eu realmente espero que esteja tudo bem com sua filha!

    Beijão,
    Quase Mineira

    ResponderExcluir
  4. Que horror! Não sei nem o que falar... Atos tão inofensivos interpretados de tal forma... É a mente humana que busca o mal onde não há. Uma pena. E pensar que muitos adultos agem parecido.

    Juhlihipy

    ResponderExcluir
  5. Meu deus, que absurdoooo. Estou simplesmente em choque com o que fizeram com a sua filha. Estou em choque como que CRIANÇAS podem bater em outra por um motivo tão ridículo... Sinceramente eu fico louca com isso.

    Melhoras para a sua filha :/ se precisar de alguma ajuda, avisa!

    Beijos, Love is Colorful

    ResponderExcluir
  6. Realmente muito complicado essa situação, acho que esse tipo de violência não tem justificativa. As redes sociais são ótimas para interagir, divulgar o nosso trabalho e também rir um pouco, mas como você disse, encontramos pessoas de todos os tipos por lá. Espero que a situação se resolva da melhor maneira! Beijos!
    Colorindo Nuvens

    ResponderExcluir